Fato Concreto

Fato Concreto

Justiça italiana condena Mancini por estupro.


 O meia Mancini, do Atlético-MG, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão pela justiça italiana por agressão sexual (estupro) e lesão corporal contra uma jovem na madrugada do dia 09 de dezembro de 2010, em Milão. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport.

 O crime teria sido cometido após o jogador conhecer a garota em uma festa organizada pelo meia Ronaldinho Gaúcho, que atuava no Milan. Na época, Mancini era jogador da Inter de Milão. Segundo o jornal italiano, a garota teria bebido e passado mal, e Mancini ofereceu uma carona até a casa dela. Lá, a mulher desmaiou e Mancini a teria violentado. Um amigo do jogador, Eugenio Nascimento, foi condenado a dez meses de prisão como cúmplice do caso.
 Mancini foi contratado pelo Atlético-MG no início deste ano e vem acompanhando o processo na justiça italiana de longe. No último domingo, o jogador participou da goleada por 4 a 0 sobre o Botafogo, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.
 * Ichu Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS DEPRECIATIVOS, DESRESPEITOSOS E EM DESACORDO COM AS LEIS VIGENTES.