Fato Concreto

Fato Concreto

Condeúba. Projeto pioneiro de vídeo-monitoramento bancário é lançado

Na manhã de 31 de agosto de 2012 (sexta-feira), foi realizada na cidade de Condeúba/Ba, sudoeste do estado baiano, a solenidade de implantação do projeto de vídeo monitoramento bancário, no Centro Cultural Luiz Eduardo Magalhães, contando com a presença de diversas autoridades civis e militares, e da imprensa escrita e televisada. A cidade de Condeúba foi vítima recentemente de dois assaltos aos bancos, executados por assaltantes que empregaram extrema violência, o que motivou a escolha do referido município para o lançamento do projeto. Este projeto é pioneiro na Bahia, e idealizado pelos comandos da 80ª CIPM/Cândido Sales, CIPE/Sudoeste (CAESG), 34ª CIPM/Brumado e 79ª CIPM/Poções, sendo resultado da parceria firmada entre a PMBA, Banco Bradesco, Banco do Brasil, Prefeitura Municipal e Câmara de Dirigentes Lojistas de Condeúba. Ele consiste no monitoramento ininterrupto de toda a área bancária da cidade, pela 80ª CIPM e CIPE/sudoeste (CAESG), 24h por dia, a fim de evitar e fazer frente com maior eficiência a possíveis investidas criminosas a estas instituições financeiras. Viaturas da 80ª CIPM/Cândido Sales e da CIPE/Sudoeste (CAESG) estarão equipadas com tablets que monitoram, em tempo real, a área bancária de Condeúba, no intuito de identificar possíveis movimentações atípicas nas imediações dos dois bancos: Banco do Brasil e Bradesco. O policial militar que estiver realizando patrulhamento ostensivo em qualquer cidade do sudoeste baiano terá acesso às imagens de dentro da viatura, com a possibilidade de movimentar as câmeras do circuito de vídeo monitoramento, num ângulo de 360 graus e zoom de 27 vezes. Além das viaturas, os quartéis da 80ª CIPM e da CIPE/Sudoeste receberão as imagens nas suas centrais internas de monitoramento. O projeto já tinha sido apresentado ao Secretário de Segurança Pública, ao Comandante Geral da PMBA, e ao Delegado Geral da Polícia Civil, os quais aprovaram a idéia, e determinaram um estudo detalhado para a real implantação, inicialmente em 20 municípios que tiveram maior incidência de ocorrências de roubo a bancos.

*Fato Concreto com  informações da ASCOM/CAESG

     

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS DEPRECIATIVOS, DESRESPEITOSOS E EM DESACORDO COM AS LEIS VIGENTES.