Fato Concreto

Fato Concreto

Polícia civil prende grupo com armas e drogas no Tomba


Policiais da 1ª Delegacia de Polícia e Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), comandados pela delegada Milena Calmon conduziram para o Complexo Policial de Feira de Santana/BA, cinco jovens acusados de participação em homicídios e tráfico de drogas nos bairros Areal e Tomba. Os suspeitos são José Carlos dos Santos Júnior, 19 anos, Moisés de Jesus Araújo, 22; seu irmão Jorge, de 19 anos, e dois menores de 17 e 16 anos, este último, irmão de José Carlos.

Com eles, a polícia encontrou a posse de dois revólveres de calibres 38 e 22; 125 pedras de crack e 18 papelotes de cocaína. A polícia informou que o quinteto faz parte de uma quadrilha que atua na região do Tomba e que rivaliza com outra gangue do Areal. Por conta dos confrontos entre eles, pessoas inocentes terminam sendo baleadas.


De acordo com a delegada Milena Calmon, essa rivalidade começou depois da morte de um homem conhecido como Cadú, no Areal. “De lá para cá, começou essa guerra“, declarou a delegada.

Neste domingo, a polícia recebeu denúncia de novos confrontos no Areal e quando os agentes chegaram no local, conseguiram apreender as duas armas na casa onde moram José Carlos e seu irmão de 16 anos. Os revólveres estavam escondidos embaixo de colchões.

Na delegacia, um dos menores assumiu ser o dono das armas e de parte das drogas. Segundo ele, os revólveres calibres 38 e 32 foram comprados por R$ 1.300 e R$ 400, respectivamente, na feirinha da Estação Nova.


Os três adultos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse ilegal de arma. Já os menores foram encaminhados para a Comunidade de Atendimento Sócio Educativa Juiz Mello Matos (CASE).


* Fato  Concreto com informações e fotos do repórter Marcos Valentim

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS DEPRECIATIVOS, DESRESPEITOSOS E EM DESACORDO COM AS LEIS VIGENTES.