Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Identificados os homens mortos em confronto com a polícia em Feira de Santana


Foram identificados no Departamento de Polícia Técnica (DPT) os corpos  dos quatros homens que morreram na tarde do último dia 17, na BR-324, durante uma troca de tiros contra agentes da polícia civil, que ocorreu na divisa entre Feira de Santana e Conceição do Jacuípe:  Gilmário Sales Lima, 24 anos, Jeisivam Cristiano Dias Brito, 26, que morava na rua Augusto dos Anjos, no bairro Rua Nova e Enderson Almeida Souza Matos, 23 anos, o Rabicó, que morava no conjunto Feira IX. O quarto homem foi identidicado apenas como Fábio, e conhecido como Fabinho A polícia, que investiga uma quadrilha de roubo de carros, recebeu uma denúncia anônima e localizou os suspeitos na rodovia. Ao fazer o cerco, segundo o delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Repressão a Roubos de Cargas (Decarga), os homens atiraram e os policiais revidaram.

De acordo com a polícia, os homens estavam armados em dois veículos, um Peugeot vermelho, placa OLD – 8292, licença de Tucano e um Punto branco, placa NZP- 3230, licença de Cruz das Almas. “Eles iniciaram a troca de tiros. Não foi intenção da polícia feri-los, mas eles tiveram que salvar suas vidas e revidaram os disparos”, disse o delegado.

A ação do Serviço de Investigação da Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos  (DRFR), sob o comando dos delegados Ricardo Brito e André Ribeiro, teve o apoio de policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias e de policiais militares do Tático Móvel.

Fato Concreto com informações do repórter Aldo de Matos




                                             * Fato Concreto

1 comentários:

Anônimo disse...

Assasinos fardados, vcs sao pagos para prender, e nao para execultar, aqui se f aqui se paga..vcs tem familia, esse é o meu consolo

Postar um comentário