Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Acusado de matar o irmão se apresenta na DH e fica preso


Foi preso na Delegacia de Homicídios (DH), após prestar depoimento na manhã desta quinta-feira (18), Aloísio Vitório Rosa, de 26 anos, acusado da morte do irmão, Edvan Vitório Rosa, 22. A vítima foi esfaqueada e o crime ocorreu no dia 03 de agosto deste ano. A prisão preventiva dele foi decretada um dia após o assassinato.

Em depoimento na delegacia, o acusado alegou que matou o irmão porque este se envolveu com a sua ex-mulher, na época em que ainda estavam casados, quando a vítima morava na casa deles, e que a morte aconteceu após ele ter flagrado os dois juntos dentro da residência. Ainda segundo ele, o irmão estava armado com uma foice e, por isso, agiu em legítima defesa. Segundo a delegada Herundina Nunes, da DH, testemunhas foram ouvidas na delegacia e não confirmaram que Edvan e a ex-mulher do acusado tivessem envolvimento amoroso. “O autor já possui um perfil periculoso. Meses antes do crime ele tentou contra a vida de outro irmão com uma faca, esta também foi usada para matar este irmão Edvan. Ele achou que a vítima estava envolvida com a sua companheira, mas isso não confere, o que dá a entender que este crime foi por motivo fútil”, afirmou. Ainda conforme a delegada, os autos mostram que Aloísio Vitório Rosa tentou contra a vida do próprio pai, após ter praticado o crime e tê-lo encontrado no caminho. “O acusado também tentou contra a vida da ex-companheira e a irmã dela, por sorte as mesmas não foram atingidas porque conseguiram esconder-se”, informou Herundina Nunes.

* Com informações do Acorda Cidade

0 comentários:

Postar um comentário