Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Vândalos não deixam trocar as lâmpadas dos postes




Em algumas ruas, técnicos do setor de iluminação pública da Prefeitura de Feira de Santana são “aconselhados”, por moradores, a não subtituir lâmpadas queimadas. “O tom é de ameaça mesmo”, diz o diretor do Departamento de Iluminação Pública, José Wilton.

O problema já aconteceu em bairros como o Campo Limpo, Queimadinha, Rocinha, entre outros. Ele comenta que algumas pessoas ‘reclamam’ que nas suas ruas algumas lâmpadas “queimadas”, não são trocadas imediatamente porque não sabem os reais motivos da demora. “Algumas vezes a gente é recebido por homens que ordenam que o serviço não seja feito”.

O diretor disse não saber os reais motivos destas pessoas não quererem que a rua onde moram seja iluminada. “Bem que a gente tenta, mas não podemos nos expor assim porque não sei qual a real intenção deles ou qual a reação se o nosso técnico fazer a troca da lâmpada”.

Outro problema que considera de extrema gravidade, comenta o diretor, é que não muito raramente os técnicos encontram não apenas as lâmpadas quebradas, mas as luminárias com perfurações, que ele imagina ser de projéteis. “Assim, além da lâmpada tem-se que trocar a luminária”.

Ainda de acordo com ele, as pessoas usam pedras e outros objetos para quebrar as lâmpadas. “Os vândalos não percebem que ao quebrar a lâmpada prejudica toda a comunidade onde mora”.

* Fato Concreto; com informações do Central de Polícia.

0 comentários:

Postar um comentário