Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Agente de trânsito fará registro de ocorrências apenas com vítimas



Os agentes municipais de trânsito de Feira de Santana não mais estão atendendo solicitações para se deslocarem e registrar ocorrência de acidentes. A presença deles é obrigatória apenas nos casos de colisão, por exemplo, e que tenha vítima – fatal ou não. Os casos com motoristas ou passageiros com corte ou luxação são considerados acidentes com vítimas.

Os envolvidos nos acidentes que tenham apenas danos materiais devem procurar a sede da SMT (Superintendência Municipal de Trânsito) ou a Base Móvel, localizada no Espaço Cultural Marcus Moraes – o atendimento será feito em horário administrativo, onde o agente fará o registro das versões dos condutores.

De acordo com a Lei, os veículos não devem ser deixados no local, sob pena de os condutores serem multados, caso estejam atrapalhando a passagem dos veículos. No caso da existência de vítima, o agente faz o registro das versões, o mesmo procedimento é realizado na delegacia e determina que os veículos sejam levados para a SMT, onde passam por perícia.

De acordo com o superintendente municipal de Trânsito, Francisco Júnior, o registro deve ser feito em até 48 horas depois do acontecido. Depois deste período as informações não mais terão validade. O prazo tem como objetivo evitar falsa declaração de acidente, bem como alteração na data.

* Fonte: Central de Polícia

1 comentários:

Anônimo disse...

É melhor acaba com essa farsa da smt! Só presta para arrecadar dinheiro para a prefeitura e na hora da contrapartida se omite! Palhacada! Mais se cobrar para fazer ocorrencia duvido q não seja obrigatorio esperar a smt!

Postar um comentário