Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Projeto “BCS Nas Escolas” amplia acões e promove intervenção para Turmas do 9º ano do ensino fundamental







A Base Comunitária do George Américo, com mais uma de suas ações com o viés preventivo, buscou trazer desde o ano de 2015 uma parceria com as escolas da comunidade, trazendo um horizonte mais favorável para os estudantes através do projeto BCS nas Escolas, que discute diversos assuntos do cotidiano das crianças e adolescentes sob o aspecto da ética e moralidade, promovendo a reflexão sobre o seu poder de escolha.




O projeto, construído inicialmente para ser aplicado aos alunos do 5º ano do ensino fundamental, ganhou uma nova vertente neste ano com a extensão para a aplicação no 9º ano. Para isso, foram trazidos temas bimestrais que proporcionam um debate acerca de assuntos como violência, drogas e sexualidade.


Para a primeira apresentação foi debatida a temática sobre bullying e violência na escola, onde foi realizado um júri simulado. Neste júri, o réu havia sido acusado de ter matado um colega de classe. Houve uma discussão acerca das brincadeiras que ocorrem no âmbito escolar e como a violência deve ser mantida afastada da convivência escolar. No último dia 16 (quinta-feira) foi realizada uma palestra com Nilson Sergio Ribeiro, ex-Diretor Adjunto do Presídio Regional de Feira de Santana, que trouxe a temática: Ato Infracional e Redução da Maioridade Penal. A palestra foi muito bem recebida pelos estudantes, que puderam perceber como é a realidade das pessoas em unidades prisionais e refletiram sobre as consequências de condutas violentas e criminosas.


As intervenções no 9º ano do ensino fundamental constituem em uma apresentação com a equipe do projeto e no mês subsequente com profissionais das áreas abordadas pelo tema debatido no mês anterior. Isso proporciona um aprofundamento das temáticas propostas e enfatiza a necessidade desses jovens serem multiplicadores destes ensinamentos.



* Fato Concreto, com informações da ascom/BCS-GA. Imagem: reprodução

0 comentários:

Postar um comentário