Fato Concreto

Fato Concreto

Reunião marca o início do Projeto Vigilância Participativa da 66ª CIPM


Na última quarta-feira (13), no auditório do Condomínio Quartier, a Comissão encarregada para por em prática o projeto "Vigilância Participativa", da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar, reuniu-se com os membros da diretoria da AMACS - Associação dos Moradores e Amigos de Condomínios do bairro SIM, em Feira de Santana, cujo objetivo foi a apresentação do projeto, suas diretrizes e finalidades. O evento teve inicio às 20h30  e findou-se por volta das 23h00. 


A aceitação inicial foi unânime por parte dos membros da associação, tendo eles se comprometido em mobilizar os síndicos para participarem de um curso, a ser ministrado pela Comissão; formada pelo tenente PM Josenilson Novaes, sargento PM Cotias e o soldado PM Oliveira, na próxima semana, em local ainda a ser definido.


O tenente Novaes, frisou a importância do projeto como forma de renovar a aliança entre a polícia e a comunidade. Segundo o oficial, inicialmente o projeto começará pelo Bairro SIM, onde se concentra um grande de número de Condomínios, mas, posteriormente, se estenderá aos demais bairros de responsabilidade da 66ª CIPM, unidade que tem o comando do major PM Paulo José e o sub comando do capitão PM Marvio.

Sobre o projeto:  Será ministrado um curso para os síndicos e agentes de portarias, no sentido de orienta-los quanto aos procedimentos de segurança a serem adotados, tendo a Polícia Militar como um braço forte no critério: segurança nos condomínios e em seus arredores.


Ação semelhante aconteceu recentemente, com a ativação do mesmo tipo de projeto na área da 65ª CIPM (veja a matéria).



                   A PM E A COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM.

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS DEPRECIATIVOS, DESRESPEITOSOS E EM DESACORDO COM AS LEIS VIGENTES.