Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Através da 67ª CIPM, idoso portador de Alzheimer reencontra familiares


Na tarde de quarta-feira (21), a 67ª Companhia Independente de Polícia Militar foi procurada por um rapaz que encontrou um senhor de idade, perambulando pela rua, meio que desnorteado e o levou até a sede da unidade que fica localizada na Avenida João Durval Carneiro, bairro Brasília em Feira de Santana.

O idoso, que não possuía documentos, mas afirmou se chamar João Mascarenhas Borges informou estar perdido e não se lembrava da localização exata de sua casa, disse apenas se recordar que ela ficava no bairro Capuchinhos.

De imediato os policiais militares levantaram a suspeita de que o senhor poderia ser portador da doença de Alzheimer, uma enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo e quase todas as suas vítimas são pessoas de idade mais avançada que acabam apresentando perda de funções cognitivas como: memória, orientação, atenção e linguagem.

Uma força-tarefa foi montada na tentativa de localizar os seus familiares. A guarnição da Ronda Escolar Noturna foi deslocada para circular com ele pelo bairro Capuchinhos com o objetivo de encontrar a sua casa, e em simultâneo, mensagens eram enviadas para grupos de um aplicativo de mensagens com o apoio de profissionais da imprensa local.


Familiares que tomaram conhecimento através dessas mensagens se dirigiram até a sede da unidade por volta das 19h30 e o reencontro com o idoso foi realizado. Eles fizeram questão de agradecer aos policiais militares da 67ª CIPM e a todos que se empenharam para tornar este desfecho feliz.


Informações da ascom/67ª CIPM
Imagem ilustrativa/acervo

0 comentários:

Postar um comentário